28 fevereiro 2010

pedaços de correntes*



mesmo sem ir há sempre alguém que me traz pedaços deste calibre


correntes


6 comentários:

jj disse...

Liiiiiiiiiiindo!


(E que sorte! ;)




Jinhos.

B. disse...

:D *

JFDourado disse...

Pois é, não apareceste nas correntes este ano... :(
Estive com o Rui.
E também tive direito a autografo. Do Vitor Burity da Silva. Descobri-o nas correntes :)

Ana disse...

jj: é verdade, sou uma sortuda com as pessoas que fazem parte de mim todos os dias ;)*

B.: GTS ;)

jorge: já sei que estiveste com o Rui;) ele passou por coimbra a caminho de lisboa e ainda deu para saborear um pouco do que por aí se passou. Para o ano,se nada se colocar pelo caminho, estarei aí:) de qq forma o facto de não ter ido deu-me a possibilidade de ir ver a Eunice de Munoz pela primeira vez em cima do palco:) não se pode ter tudo não é?! [bonito texto o teu lá no teu sítio :)] beijo*

Rui disse...

eheheh
eu também tive direito a autógrafo do Vitor Burity da Silva (ou melhor, a dois autógrafos)!

foi muito bom... pena foi a chuva e a ventania!

Ana disse...

eheh ;) mas a chuva e ventania são marcas da Póvoa de Varzim ;) beijo