26 junho 2008

Palavras #30

Photobucket
abandono - Fátima Condeço

"quando os nossos corpos se separaram olhámo-nos quase a desejar ser felizes.
vesti-me devagar, mas o corpo a ser ridículo.
disse espero que encontres um homem que te ame,
e ambos baixámos o olhar por sabermos que esse homem não existe.
despedimo-nos.
tu ficaste para sempre deitada na cama e nua, eu saí para sempre na noite.
olhámo-nos pela última vez e despedimo-nos sem sequer nos conhecermos."

Quando os nossos corpos se separaram - José Luís Peixoto

5 comentários:

Ticha disse...

Pois......................hmpf.

~pi disse...

assim mesmo:

[ tal como



~

Rui disse...

José Luís Peixoto no seu melhor... :-) não há amores perfeitos!
mas haverá sempre uma blueberry pie à espera...

Andreia Ferreira disse...

ai que esta letra cantada pela Naifa mata-me!!! *

Ana disse...

é uma grande Naifa(da) ;)*