01 fevereiro 2009

Photobucket
Caterina


Os primeiro raios de sol acordam-te. Espreguiças-te e sorris...

...olhas e vês que ele te olha, com aqueles olhos marejados e aquele sorriso que só lhe vês quando ele te olha...
...devolves o mesmo sorriso, no silêncio da manhã.


O silêncio permanece, a envolver o olhar cheio de confissões, até que ele o quebra e diz...


sabes... gosto muito de ti... não espera... não é bem isso... é mais uma espécie de amar. só nossa.

5 comentários:

Peregrina disse...

Tão querido... como é bom acordar assim...

Andreia disse...

:) *

Ti disse...

*

Rui disse...

o amor é inspirador, né?
[sempre foi...]
:-D

Ana disse...

peregrina: é sim :D *

Rui: pois ;)*

Andreia e Ti: :) :) :) ***