16 outubro 2007

Odeio você, odeio você*

Um tom pra cantar
Um tom pra falar
Um tom pra viver
Um tom para a cor
Um tom para o som
Um tom para o ser
Ah como é bom dormir
Ah como é bom despertar
O céu é mais aqui
Um tom é um bom lugar
Tanta coisa que cabe
Tanta pode caber
Canta e pode fazer cantar
Nova felicidade
Novo tudo de bom
Deixa-se cantar um tom
Um tom pra gritar
Um tom pra calar
Um tom pra dizer
Um tom para a voz
Um tom para mim
Um tom pra você
Um tom para todos nós

5 comentários:

Berta disse...

lindo demais. poxa! :)

Happy and Bleeding disse...

sing sing sing!... :)

Rui disse...

Um tom para abraçar,
Um tom para sentir...
Um tom para amar,
Um tom para sorrir!

É pá, c'um Caetano... Esta nem ele! :-P

(Acho que não coube "odiar"... ;-).
Palavra muito forte, apesar desta música) :-)

Ana disse...

Foi bonito sim;) cheguei ao fim a odiá-lo ainda mais! eheh "Não há forma mais honesta de dizer amo você", quantas são as alturas em que os dois sentimentos se misturam?! mas as palavras são do Caetano e eu não as coloco em causa! eheh

Já algum tempo que não cantava (cof cof, faz de conta)e não batia tanta palma. Amei (ou odiei?!) ;)

JFDourado disse...

e eu que pensava que o Caetano ia actuar sozinho... ;)