18 abril 2008


Photobucket


Um salto para a vida... - Marta Ferreira




Sonhei que me desfazia e me juntava ao vento. Esse companheiro de sempre. Perante quem me desmancho e nenhum fingimento permanece de pé. Ele sempre soube como o fazer: rodeava-me, envolvia-me e aproveitava para me murmurar à alma: como te sentes?. Impossível fingir. Por isso me desfiz quando ele me convidou a acompanhá-lo. E quando te vi, não resisti. Fiz contigo o que ele sempre fez comigo: rodeei-te, toquei-te, envolvi-te, e acabaste por fechar os olhos para me sentir. Suspirei e murmurei à tua alma: amas-me?. Imediata a resposta surgiu, em forma de notas musicais... i put a spell on you...

*


Abri os olhos... da casa do vizinho chegava a voz da Nina. Sorri e senti o sal da lágrima única nos meu lábios.

7 comentários:

Rui disse...

Lindo... :'-)

Filipa Epifânio disse...

Como o vento é inspirador de palavras bonitas :) E a voz da Nina que nos rodeia e nos toca tal como ele...

Vanessa disse...

ui... a nina! :) foto fantástica a acompanhar as palavras. e venham daí os feitiços... :)

beijinhos

Claudia Sousa Dias disse...

:-)

Porquê a lágrima...?


A música lava a alma, limpa-a das impurezas...considero-a simplesmente catártica...


CSD

Queen Frog disse...

Sou tb uma mulher do vento...:)

Bem, esta música...

Beijinhos

Margarete da Silva disse...

Lindo texto =) Se fores com o vento não te percas, preciso de te ler =)

Ana disse...

:) [para todos]